segunda-feira, 12 de julho de 2010

Espanha campeã

Assisti meio capengando à final da Copa do Mundo, entre Holanda e Espanha. Capengando porque aqui o jogo começou às 4:30 da matina de segunda-feira. O jeito foi ficar trabalhando de casa hoje.

Mas vamos ao que interessa. A partida começou bem interessante, com a Espenha querendo liquidar a fatura logo de cara. Mas a Holanda se segurou bem e equilibrou o jogo em seguida.

O número de faltas duras na partida foi impressionante, mas o juizão tava economizando nos cartões pra não gastar. Se ele tivesse apitado a final de 2006 talvez nem expulsasse o Zidane depois da cabeçada no Materazzi. Apesar dos pontapés e até uma voadora, o primeiro cartão vermelho só saiu na prorrogação, pro holandês Heitinga (com esse nome seria chamado de Tinga jogando no Brasil).

Achei a Espanha merecedora da taça, apesar da jogada do único gol da partida ter sido irregular, na minha opinião. Quando Iniesta recebe a bola pra fazer o gol ele não estava impedido, mas no lance anterior onde o zagueiro da Holanda corta a bola pra que ele não chegue até o Iniesta ele estava impedido, embora não tenha tocado na bola. Mas que eu saiba deveria ter sido considerado impedimento já que isso foi fundamental pro desenrolar da jogada.

Enfim, Espanha campeã, unindo-se a Uruguai, Itália, Alemanha, Brasil, Inglaterra, Argentina e França. Seja bem-vinda. Agora é esperar 2014, afinal o Brasil também não é assim tão longe.
Postar um comentário